Indígenas Xerente e atores da Cia Art’Sacra participam de vivência para troca de saberes

0
15

Atores da Companhia de Teatro Art’Sacra se deslocaram cerca de 100 km para levar arte e cultura a indígenas da Aldeia Rio Verde, localizada no município de Tocantínia. Um encontro marcado pela troca de saberes, os indígenas mostraram aos artistas um pouco da dança, da cultura e vivências locais e receberam dos atores da Art’Sacra ensinamentos sobre o fazer teatral. Assim como em anos anteriores, os indígenas Xerente participarão da Paixão de Cristo, no elenco principal e também de figuração.

Adultos, jovens e crianças participaram de oficina com jogos teatrais e expressão corporal, ministrada pelo professor e Felipe Trindade, que interpreta o papel de Jesus no espetáculo “A Paixão de Cristo”. Segundo ele, a proposta era mostrar através dos movimentos corporais como o ator cria as cenas e passa a informação para o público. “As crianças começaram a oficina tímidas, mas foram se soltando com o tempo. Ao final, geramos uma grande interação. Eu estou muito feliz e muito grato por essa experiência, nunca vou esquecer”. Afirmou Felipe Trindade.

Na Paixão de Cristo deste ano, cerca de 20 atores participarão do espetáculo. Para o diretor da Companhia de Teatro Art’Sacra, Valdeir Santana, a troca de saberes foi o mais importante. “Essa troca de experiências e saberes é muito importante para a nossa vivência enquanto atores e também para eles conhecerem um pouco mais sobre a parte teatral de forma técnica. Tudo isso reforça a nossa necessidade de estar cada vez mais próximo da comunidade Xerente” ,ressalta Valdeir.

O projeto foi contemplado pelo Prêmio Aldir Blanc, da Agência do esenvolvimento do Turismo, Cultura e Economia Criativa (Adetuc) e Governo Federal – Ministério do Turismo – Secretaria Especial de Cultura e Fundo Nacional de Cultura.